segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Pablo Neruda, in "Cem Sonetos de Amor" - Não te vás por um minuto, ó bem-amada

"Não te vás por um minuto, ó bem-amada,

porque nesse minuto terás ido tão longe
que atravessarei a terra inteira perguntando
se voltarás ou me deixarás morrer. "

Pablo Neruda, in "Cem Sonetos de Amor"

Nenhum comentário:

Postar um comentário