segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Clarissa Corrêa - Meu Deus, como eu queria uma realidade mais doce

Meu Deus, como eu queria uma realidade mais doce. Mas não. 
A vida é meio amarga, azeda, meio de verdade. Isso assusta, mas a gente precisa ser forte.

Clarissa Corrêa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário