quarta-feira, 6 de novembro de 2013

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura
por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Autor:Arnaldo JaborTitulo: Crônica  do AmorBlog Poema & Versos

Nenhum comentário:

Postar um comentário