quarta-feira, 30 de outubro de 2013

William Shakespeare - Eis ai minha dama

"Eis minha dama. Oh, sim! É o meu amor. Surge, formoso sol, e mata a lua cheia de inveja, que se mostra pálida e doente de tristeza, por ter visto que és mais formosa que ela!"

Autor[a]: William Shakespeare
Blog Poema & Versos

Nenhum comentário:

Postar um comentário