sábado, 21 de setembro de 2013

Teresa Fulgencio - Clamor



Silencio a minha alma,
clamando só com meu coração,
tento permanecer calma,
mas lágrimas rolam continuamente
ao derramar a minha petição!
Palavras povoam a minha mente,
mas algumas destacam-se
insistentemente:
a Tua Graça, o Teu Perdão,
que me fazem entender
o valor da minha Salvação!
O Amor com que me cercas,
e nele me libertas.
Quero permanecer sempre
debaixo do Teu cuidado,
quero derramar ardentemente
no teu altar, meu coração
quebrantado!
Peço-Te, neste momento,
que cada coração entristecido,
seja plenamente enriquecido
pelo poder do Teu Amor,
que só se encontra em Ti, Senhor!

Autora: Teresa Fulgencio
Titulo:  Clamor

Nenhum comentário:

Postar um comentário