quarta-feira, 22 de maio de 2013

Eloisa Alves da Neves - Jardim do amor

Abra seus olhos meu amor!
Nosso jardim nos espera
No silêncio das orquídeas
E nos delírios das rosas...
Sinta a suavidade das águas
E dos meus olhos beba o infinito do meu amor
Na penumbra dessas árvores
Não tenha medo
Apenas procure meus lábios
E eles te darão a delicadeza das asas de uma borboleta
A luz do luar ilumina os traços de seu rosto
Facilitando o tocar de minhas mãos
Nossas rosas sussuram
Os segredos e encantos do amor eterno
Ouça meu amor...
E me digas lentamente
O nosso futuro...
E todas as flores que nos rodeiam
Se tornam confidentes
Do mais puro amor
Oh! bélissimo jardim
Que abriga os apaixonados
Nos deixe permanecer
Até os primeiros murmúrios do amanhecer te tocarem...
Deites me amor!

Sinta a poesia...
Feche teus olhos...
Que te trago o calor do meu corpo...antes do alvorecer.


Autora: Eloisa Alves da Neves
Título: Jardim do amor
 Blog Poema & Versos
Fonte: Mundo das Poesias



Nenhum comentário:

Postar um comentário